Se você acha que ninguém vê, está muito enganada!

Você mesma vê, e também as pessoas que você mais ama, as que compartilham com você a sua casa: ss seus filhos, para os quais você é o maior exemplo. O seu marido, esposa ou parceiro(a), cuja admiração em todos os aspectos, inclusive no visual, é fundamental.

Em casa, o conforto é, com certeza, a prioridade. Porém já esta mais do que sabido que para ter conforto, não é preciso abrir mão do estilo e da autoestima, não é mesmo? Ainda mais com as inúmeras opções que temos hoje de loungewear arrumadinhos e sofisticados para todos os estilos e bolsos.

Além disso, é provado cientificamente que nossas roupas influenciam – e muito – em nossa auto percepção, nosso humor, disposição e produtividade.

É fato: essa pandemia nos deu um baque!  Nos deixou depressivos, apreensivos e inseguros… Mas isso eu considero inclusive mais um ótimo motivo para usar o poder das roupas a nosso favor, para nos dar esse up tão necessário e bem-vindo na autoestima e no humor.

Outro ponto, que considero importantíssimo, é nos sentirmos especiais o bastante para merecer peças em bom estado, roupas que nos valorizem e nos façam sentir mais bonitas e confiantes.

Você é importante e merece o carinho e a atenção devidas, especialmente de você mesma!

Além disso, ao cuidar de si com amor e carinho, você envia uma mensagem poderosa para o seu cérebro e inconsciente: a de que você é importante e merecedora, de que não se contenta com pouco e não irá se deixar abater. E essa mensagem também irá contagiar as outras pessoas à sua volta, não é mesmo?

Sim, todos nós temos aqueles dias em que queremos ficar de pijama. Entretanto, isso não deve virar a regra. Inclusive, se estiver virando, talvez algo não esteja legal com o seu emocional ou com a sua autoestima. Já parou para pensar nisso?

Ninguém merece peças rasgadas, manchadas, ou puídas, muito menos você, sua maravilhosa!

Invista em conjuntinhos bonitos de ficar em casa, peças que te deixem confiante e se sentindo bem, e não se contente jamais com menos do que você merece, em nenhuma área da vida. Incluindo no seu guarda-roupas!

E aí, suas roupas de ficar em casa falam bem de você, inclusive para você mesma? Fica aqui a reflexão! 🙂

Beijinhos,

Roberta Carlucci