Queridos,

Muita gente me pergunta se acho que é possível fazer boas compras em época de liquidação e eu sempre respondo a mesma coisa: é possível sim, só é preciso bastante paciência para garimpar bons achados e cautela para não levar itens por impulso, que não serão usados e acabarão enchendo desnecessariamente o armário.

Hoje fui almoçar no Spettus (super recomendo!), no Floripa Shopping, e pude constatar mais uma vez uma ocasião em que a liquidação realmente vale a pena: adoro os sapatos da Santa Lolla e desde que lançaram a coleção de verão fiquei namorando uma sandália linda que, em minhas passadas pela loja, ainda não tinha visto por lá (mostrei até na wishlist, lembram?). No início do verão acabei comprando um chinelinho (lindo!), pois meu momento na época era de conforto total, mas eu ainda tinha ficado com este modelo em mente, mas que também não valeria o invetimento com o preço cheio, de R$ 239,90, por eu não estar exatamente precisando e por se tratar de uma sandália colorida, cujo custo x benefício não seria tão alto devido à minha rotina de então. Enfim…para vocês verem como eu levo em conta diversos fatores na hora de comprar, não só falo da boca para fora durante a consultoria com as clientes! Rsrsrs

Porém, eis que hoje entrei na loja, toda em promoção – com bastante coisa linda, por sinal -, e me deparei com a tal sandália: único par no 35 (na Santa Lolla uso um número a menos) e pela metade do preço! Provei, pensei pensei, andei e levei, agora por R$ 119,90! Muuuuito melhor, não é mesmo? E ainda terei toooodo o verão para usar, agora que voltei ao trabalho e para sair.

Minhas clientes comentaram que não acharam as liquidações muito boas neste verão e eu tive a mesma impressão em algumas lojas que fui. Mas, também acho que este “feeling” tem a ver com o fato de terem ficado mais críticas na hora de comprar depois de nossas sessões de personal shopping. A maioria das pessoas chega na liquidação para gastar, comprar por impulso porque “está barato”, sem pensar se realmente vale a pena o investimento (por menor que seja!), se terão ocasião para usar ou se tem algo parecido no armário, se é uma peça de boa qualidade e assim por diante. No fim, é um barato que, muitas vezes, sai caro!

Na consultoria aprendemos a realmente dar valor ao nosso rico dinheirinho e também ao que já temos no armário. Para fazer parte do seleto grupo de peças que merecem estar naquele espaço, a peça deve fazer seus olhos brilharem! Ela deve criar novas possibilidades naquele universo sem que seja necessário agregar ainda mais itens para algo funcionar (tipo comprar um vestido e ter que comprar um cinto e um sapato para usar com ele) e deve ser algo novo, sem que você possua algo parecido que possa ser usado exatamente da mesma forma e na mesma ocasião. Se não, será só mais do mesmo e poderá ocupar o espaço de outra peça que seria muito mais importante.

E, por fim, vale a dica: não compre nada na liquidação que você não compraria se estivesse com preço cheio. Nem lembro onde li isso, mas uso como uma máxima com meus clientes e com certeza será útil para vocês também!

Beijocas,

Roberta Carlucci