Em um final de semana destes me revoltei com os milhares de saquinhos de mantimentos que ficamos acumulando na despensa de casa e resolvi, de uma vez por todas, fazer algo à respeito: organizar todas as farinhas, cereais e afins em bonitos potes de vidro, que iriam ficar à mostra na prateleira da cozinha!

Já tinha alguns potes de vidro legais no armário que estavam basicamente sem uso definido e comecei a procurar na internet e em lojas que passava outros do mesmo modelo, coisa que não foi fácil, não! Por sorte encontrei uma caixa com 5 potes iguais aos meus em tamanhos diferentes no Angeloni estes dias e então pude finalmente eliminar pelo menos parte daqueles saquinhos e ter um espaço organizado para os mantimentos, sem contar que ficou super bonito na cozinha!

Para facilitar na organização optei também por etiquetar os potes: achei um modelo muito fofo de etiquetas meio retrô na internet, que mandei imprimir em papel de etiqueta e voilá!

Achei que o resultado ficou tão legal que resolvi compartilhar, quem sabe não inspira alguém a se organizar neste sentido também! 😉

Vejam todo o processo no passo-a-passo abaixo:

1. Para começar, você vai precisar de:

  1. Potes de vidro bonitos e de diferentes tamanhos. Os meus, de vidro com tampa em metal escovado, vieram de diferentes fontes: de quando morei na Alemanha, da TokStok (pote Vitrylic, aqui!) e do supermercado Angeloni (conjunto de 5 potes de tamanhos diferentes por R$ 69,90);
  2. As etiquetas impressas em papel de etiqueta. Faça uma lista dos mantimentos que deseja guardar nos vidros e conte quantos são para mandar fazer etiquetas suficientes;
  3. Canetas bonitas para escrever o nome dos mantimentos (eu usei dourada!);
  4. Papel Contact, aquele adesivo transparente, para colar por cima das etiquetas de forma a protegê-las de sujeira e para que possa lavar os potes quando quiser. Comprei o meu na papelaria;
  5. Régua para medir o tamanho do papel contact;
  6. Tesoura para cortar o papel contact.

2. Meça com a régua seus vidros e estipule um tamanho para as etiquetas, que você deve usar como padrão (preferencialmente do tamanho ou menor que a minha, por causa da resolução). Mande imprimir as etiquetas no tamanho estipulado em papel de etiqueta em uma gráfica rápida (uso da Duplic) e peça para cortarem todos um a um, para facilitar.

O modelo que eu usei é este aqui:

(clique com o botão direito em cima do arquivo e em “Salvar Como”)

3. Depois de impressas, escreva sobre acada uma o nome dos mantimentos. Espere secar bem a tinta da caneta antes de mexer ou empilhar as etiquetas!

4. Pegue uma das etiquetas para medir o papel contact: o ideal é que ele fique com 1cm a mais para cada lado, para que o plástico cubra toda a etiqueta, deixando uma margem. Corte os vários retângulos de papel contact e os deixe prontos.

5. Limpe bem os vidros por fora e cole as etiquetas onde desejar. Depois, cubra a etiqueta com o papel contact, pressionando e alisando para que fique tudo bem grudadinho e sem bolinhas de ar.

Pronto!

Agora é só colocar todos os mantimentos nos potes e organizá-los da forma que desejar.

Vejam só como ficou lá em casa:




Outras observações:

  • Claro que os potes podem ser diferentes também, mas como eu queria deixá-los expostos acabei optando por comprar todos do mesmo modelo para padronizar tudo.
  • Se você tiver habilidade no Photoshop ou tempo de ficar na gráfica, pode ainda escrever nas etiquetas direto no computador e imprimir já com os nomes. Eu acabei esquecendo de fazer isso e escrevi com a minha letra (feinha) mesmo. É a vida!
  • Na internet você pode encontrar vários outros modelos e cores de etiquetas, para todos os gostos! Pesquisei como “food tag template” ou “food tag printable“;
  • Gosto de potes com tamanhos diferentes por causa das diferentes coisas que coloco dentro e também para ficar estéticamente mais bonito na hora de arrumar: os mais altos atrás, os menores na frente e tal. Comprei pequenos para biscoitos e pacotes de mantimentos menores (aveia, maizena, biscoitos), médios para pacotes médios (açúcar, arroz, feijão, farinha) e grandes para o que precisa de bastante espaço, como macarrão, granola e afins.
  • Exemplos de mantimentos para guardar nos vidros: feijão, ervilha, lentilha, arroz branco, arroz integral, arroz arbório, farinha branca, farinha integral, maizena, polvilho, granola, macarrão (spaghetti, parafuso, penne, etc.), aveia, biscoitos, milho para pipoca.

Ah, achei também alguns modelos super legais de etiquetas no Canva, um site de design de flyers e banners que gosto muito e que é super fácil de usar. Se quiser saber mais é só clicar aqui! 🙂

Beijinhos,

Roberta