O outro livro que li nas férias foi Lipstick Jungle, de Candace Buschnell, autora do livro que deu origem à nossa séria amada Sex and The City.

A rede americana NBC fez uma tentativa de transformar mais este livro da autora em seriado, inclusive com a atriz Brook Shields no elenco, porém os 20 episódios de Lipstick Jungle feitos não convenceram os estúdios a continuar a série. Eu vi os 20 e adorei, achei uma pena não ter continuado. Estamos órfãs de seriados bons do gênero SATC, né?

No mesmo ritmo do anterior, o livro se passa em NY e fala sobre 3 amigas no auge de suas carreiras, mulheres ricas, poderosas e independentes que amam o que fazem e lutam com unhas e dentes para se manterem no topo.

Wendy (Brooke Sheilds) é produtora de filmes de Hollywood. Casada, com 3 filhos e sustentando a todos, tenta conciliar família e a produção dos projetos nos quais acredita sem muito êxito.

Nico, editora chefe de uma revista de moda de muito sucesso, é uma mulher muito decidida e ambiciosa, que está de olho na posição de CEO da empresa ao mesmo tempo em que tenta entender o porque de estar tendo um caso com Kirby, um modelo de roupa íntima que tem metade de sua idade.

Já Victory Ford é uma designer de sucesso, de espírito livre e solteira convicta. Sua última coleção, na qual ela tenta inovar e partir mais para a alta costura, não teve a aceitação que ela queria no mundo da moda, e assim ela está no impasse entre continuar fazendo o que dá certo ou perseguir os seus sonhos, e também quem sabe encontrar sua cara-metade no meio do caminho.

Gostei mais deste livro do que o do Harry Winston, talvez por já gostar bastante do seriado. O achei bem dinâmico e divertido, além de falar um pouco do universo dos estilistas de moda, de mulheres poderosas e do preço que elas pagam para estar no topo também.

Recomendo!