Continuando nossa sequencia de posts sobre jeans, hoje falaremos sobre os modelos.

Modelos

A primeira coisa que uma pessoa deve saber quando vai comprar o jeans é que modelo que mais favorece sua silhueta e proporções.

As skinny, aquelas que são bem ajustadas desde o quadril até o tornozelo, engrossam as perninhas e destacam levemente o quadril, então o ideal é que, se você já possui pernas grossas, opte por calças de lavagens escuras e use-as com partes de cima mais larguinhas.

As calças skinny valorizam muito pessoas de silhueta tipo tubular, que não possuem muitas curvas e são magrinhas, pois torneiam as pernas e valorizam o bumbum.

As retas são as mais tradicionais e caem bem em praticamente todos os biotipos pois são as que mais alongam a silhueta e emagrecem. Quando estiver muito em dúvida com relação a que modelo escolher, comece por elas!

As retas são as que mais se adequam ao ambiente de trabalho e mais formais, desde que sejam usadas em tons mais escuros.

jeans-modelos

Jeans nos modelos skinny, reto, bootcut e pantalona.

As bootcuts ou com a perna levemente mais aberta embaixo (para caber a bota), são ótimas para quem tem o quadril mais largo pois o modelo acaba equilibrando o volume desta região. Este modelo foi muito moda nos anos 90 aqu no sul, que adolescente que não tinha uma bootcut da Bobby Blues em Floripa nesta época? Rsrsrs

As bootcuts com abertura mais acentuada são conhecidas como boca-de-sino, aquelas que nossos pais usaram entre as décadas de 60-70.

As pantalonas, também conhecidas como wide-leg-pants, são aquelas com as pernas mais amplas e são ideais para pessoas mais altas pois achatam a silhueta. Porém, se você é baixinha e também quer usá-las, aposte em um senhor salto grosso para compensar!

Este modelo é ótimo para quem tem o biotipo triângulo invertido, ou seja, ombrinhos maiores do que o quadril, pois chamam a atenção para a parte de baixo do corpo, equilibrando a silhueta.

Por hoje é só queridos, no próximo post falaremos sobre as cinturas.

Vejam também o post anterior sobre a história do jeans, aqui.

Beijocas!