Como disse em minha entrevista para a colunista de economia do Diário Catarinense, a querida Estela Benetti (veja aqui!), este momento de crise é perfeito para se reorganizar, olhar para dentro e investir em si, no seu bem estar.

E, em se tratando de guarda-roupa, é hora de fazer um melhor aproveitamento do que já se tem, organizando e tendo novas ideias para utilizar aquelas peças há muito esquecidas e/ou pouco usadas. Ou seja, em tempos de crise é hora de fazer compras no próprio armário!

Afinal, imagina quanto dinheiro não tem lá acumulado (e muitas vezes estagnado), sem contar que quase sempre seu closet tem muito mais potencial do que você imagina.

Nothing-to-wear-2
“Fiz compras minha vida inteira mas continuo sem nada para usar.” (Todas as mulheres)

Comece por dar aquela geral, que pode ser super agradável com uma música gostosa e uma taça de vinho na mão. Coloque para fora pilha por pilha e revise as peças, tirando de uma vez por todas aquelas que não fazem mais sentido, que não cabem mais ou que estão realmente datadas, resolvendo aqueles probleminhas que estão impedindo o uso, como manchinhas, botões, bainhas e afins, e reorganizando o que não saiu de modo a visualizar melhor o que você tem disponível e aproveitar de forma mais inteligente seus espaços.

Depois da limpeza vem a recompensa: que tal tirar uma tarde de domingo para pensar em looks incríveis com essas peças lindas que ficaram para os diferentes momentos de sua rotina? Como a semana é corrida, nada como ter aguns looks “na manga” para aqueles dias sem criatividade ou tempo de pensar direito.

O ideal é montá-los em cima da cama, vendo na prática como os materiais se comportam juntos e dando asas à imaginação para fazer coordenações diferentes das que você têm feito até hoje, saindo nem que seja um pouquinho da zona de conforto, pensando em coordenações de cores e também nas diferentes mensagens e formalidades possíveis. Depois de montados, fotografe-os no celular mesmo e tenha em mãos um arquivo precioso para ser consultado sempre que ideias forem necessárias ou a preguiça bater.

Ah, e esse processo ainda tem um bônus: quando a gente monta diversos looks com certeza também sentiremos falta de uma ou outra peça daquelas curingas, que farão outros mil looks serem possíveis ou ficarem mais interessantes, tipo uma blusinha de seda para colocar por baixo de 2 ou 3 casaquetos ou blazers diferentes, um cinto mais básico para usar com os sapatos coloridos, uma t-shirt lisa para coordenar com aquelas calças estampadonas ou uma sapatilha neutra para o mesmo fim. E assim surge uma linda lista de compras focadas totalmente personalizada, que poderá ser usada para direcionar sua próxima ida ao shopping com a certeza de compras mais certeiras e peças que realmente serão usadas na prática depois.

Muito bom, né?

Se mesmo assm você ficou com preguiça, saiba que não precisa fazer isso tudo sozinha: em nossos serviços de guarda-roupa te guiaremos por todo esse processo, com a vantagem de utilizarmos argumentos técnicos para te ajudar a tomar decisões certeiras e termos um olhar de fora, treinado e com mais de 7 anos de experiência para criar coordenações novas e bárbaras com suas roupas, sempre focadas nos seus objetivos e na imagem que quer transmitir para o mundo.

Não hesite em nos contactar caso queira começar a aproveitar melhor o que tem no armário e sair daquela inércia de ter tê-lo cheio, mas sempre achar que não tem nada para usar. 😉

Lets?

Para mais infos:

– www.robertacarlucci.com.br/servicos-para-voce
– contato@robertacarlucci.com.br

Com carinho,

Roberta Carlucci