Olá queridos!!

Como eu havia falado para vocês aqui, ontem começou a semana de moda aqui em Florianópolis para o Outono/Inverno de 2009, o Donna Fashion DC.

A abertura dos desfiles foi feita pela multimarcas Tida, que na minha opinião arrasou com seu tema camafeu e um clima de sofisticação retrô, feminilidade e romantismo, inclusive no décor assinado pelo diretor artístico Gil Satti. Para mim foi o melhor desfile do dia, com certeza.

(fotos da Printing por vir!)

A modelo Luara Konkel, vencedora do concurso Menina Fantástica, foi a primeira a entrar e começou mostrando os vestidos, casacos e calças da marca Printing, bem estampados com motivos artísticos, pinceladoss e efeitos plissados em trompe-l’oeil que dão um efeito óptico de profundidade aos desenhos.

Looks da Saad

Depois foi a vez dos looks da Saad, inspirados na elegância de Audrey Hepburn dos anos 30. Muita alfaiataria em tubinhos no joelho, casacos e taileurs com uma interessante mistura de texturas e muitos bordados de brilhos e paetês.

Look de Isabela Capeto

A coleção de Isabela Capeto, que estava pessoalmente conferindo o desfile de perto, já tínhamos visto na íntegra durante o SPFW. Mas foi muito legal ver a leitura da Tida para as peças inspiradas nos vikings, cheia de detalhes artesanais, tricôs mais grossos, correntes, escamas, e estampas florais, geométricas, listras e de xadrez em patchwork. Gostei muito também das anabelas, super elegantes em tressê de couro bicolores.

Maria Bonita e suas bolas circences

Já a coleção da Maria Bonita de Danielle Jensen foi mostrada em conjunto com peças da Le Lis Blanc e foi composta de looks sutilmente inspirados no universo do circo, cheios de linhas e formas geométricas como calças grandonas, macacões e paletós do guarda-roupa dos palhaços, casacos clássicos e estampas de bolas. As cores eram sóbrias como cinzas, pretos, marrons, marinho e bege para contra-balancear, além dos fofos mocassins de salto baixinho e fino em cores vivas de azul, rosa e verde.

De repente, um clima futuristico entra no ar com a coleção de Glória Coelho.

As capas de Glória Coelho

Muitas capas em estilo cocoon e em organza matelassada, texturas metalizadas em contra-ponto com vestidos em tecidos fluídos de cetim de seda com estampas de papel de parede ou em georgette de seda, calças de montaria, veludos, golas suntuosas, zíperes e muitos bordados com pedras, cristais e fitas de cetim.

Vestidóns de André Lima

E para terminar, um clima de glamour über feminino e perfume oriental permeou a passarela com os vestidóns longos e fluídos de André Lima. Um vestido romântico e campestre também do estilista fechou o desfile da Tida, o mais lotado do dia!

O grand finale: vestido campestre de André Lima, ultra romântico!

Os brindes para a primeira fila foram uma sacolinha em parceria com a RenauxView de pano dupla face e garrafinhas de água super fofas e cheias de energias positivas da Tida para nós! Eeeeeeeee!

Após o desfile, o coquetel na loja bombou com direito a poder conferir os looks desfilados nas próprias modelos até a manequins vivas na vitrine, e foi regado a muito champagne, docinhos da Nancy e petisquinhos, além de djs e a presença de todo o jet set de Floripa.

Fiquem atentos para os próximos posts falando dos outros desfiles de ontem!

Beijocas da Rô