Qual mulher não fica louca da vida quando a unha começa a lascar, descamar e  ficar cada uma de um tamanho? E nada mais bonito e elegante que uma mulher com unhas bem cuidadas, não é mesmo?

Por isso optei por falar na minha estréia aqui no blog da Rô sobre como mudar alguns hábitos do dia a dia para ajudar as suas unhas a crescerem mais bonitas. Sim, existem muitas coisas que podemos fazer para melhorar a qualidade das unhas e principalmente não prejudicar ainda mais…

O aumento da fragilidade da lâmina ungueal  – que se caracteriza por unhas quebradiças, que descamam, lascam ou tem seu crescimento prejudicado – chamamos de síndrome das unhas frágeis. Várias podem ser as causas incluindo agentes físicos, químicos e doenças.  Psoríase, hipotireoidismo, diabetes, alopecia areata,  anemia  podem afetar as unhas, assim como carências nutricionais.

Nestes casos, a saúde da unha só é possível ser reestabelecida com o tratamento da doença de base. Por isso, em muitos casos é necessário que você consulte seu dermatologista para obter um correto diagnóstico e tratamento.  Assim como a pele e os cabelos, as unhas necessitam de  alguns cuidados diários para que estejam sempre fortes e bonitas.

Aí vão algumas dicas:

[bullet_list]

  • Evite traumatizar suas unhas: mantenha-as mais curtas – unhas muito compridas são mais sujeitas a traumas.  Quando a borda livre vai muito além da polpa digital isso gera  pequenas batidas nas unhas  todo o tempo, o que podem deixá-las mais suscetíveis a lascar e quebrar. Não use suas unhas como ferramenta para remover uma farpa, descolar um adesivo ou tirar um grampo  – use alguma outra coisa!
  • Não roa as unhas: o contato frequente com a saliva e o trauma gerado deixa a unha desidratada e fraca. Roer as unhas pode significar estresse ou ansiedade. Reflita e veja o que lhe incomoda, encare o problema e se policie para fugir desse mau hábito!
  • Evite contato prolongado com água: a qualidade da unha é muito piorada quando estão constantemente úmidas!!! Quem  já não observou as unhas ficarem horríveis depois de um faxinão daqueles? Por isso utilize luvas quando for fazer a limpeza da casa, lavar a louça ou sempre que  utilizar produtos químicos (sabão, detergente, cloro, água sanitária..). Proteger as mãos também é  essencial principalmente para quem trabalha em ambientes úmidos.
  • Evite o uso de removedores de esmalte com acetona:  a acetona desidrata a unha. Pode até ser mais difícil retirar o esmalte com removedores sem acetona, mas com certeza eles danificam muito menos suas unhas.
  • Dê um tempo para as suas unhas:  Sempre que possível fique alguns dias sem esmalte e neste período aplique hidratantes  2 a 3 vezes por dia.  A unha tem pequena capacidade de reter líquidos e quanto mais desidratada mais fácil ela quebra. Quando a unha está com muitas imperfeições muitas pessoas tentam esconder utilizando unhas postiças. Evite-as!! Seu uso também danifica as unhas.

[/bullet_list]

Em algumas pessoas com unhas frágeis o uso de substâncias orais como biotina pode ajudar .

Cuidado com alguns mitos: alguns estudos fizeram cair por terra o que se pensava sobre a relação entre resistência ungueal e quantidade de cálcio, por exemplo. Cuidado também com o uso indiscriminado de polivitamínicos. Na maioria das pessoas que não tem nenhuma restrição alimentar isso não só é desnecessário como pode incorrer em hipervitaminose. Para fazer uso de substâncias orais o melhor é consultar seu dermatologista para averiguar a necessidade, qual substância seria a mais apropriada e em que dose.

Esses cuidados são essenciais, senão nada fará sua unha melhorar. Estou certa de você consegue identificar alguma coisa que pode modificar no seu dia-a-dia para ter unhas bonitas.

Então, hora de arregaçar as mangas e de abandonar velhos hábitos!

E unhas lindas para todas vocês!