O luxo não é o oposto da pobreza. É o contrário da vulgaridade.