Adoro o site de compras inglês ASOS e recebo sua newsletter semanalmente para ficar babando com as peças e os preços. É super legal ver as dicas que eles passam e também o que está sendo lançado do lado de lá. Por isso, amei o email enviado na semana passada, que trouxe o ASOS Autumn/Winter 2011 Trend Report, ou o relatório de tendências do site para o Outono/Inverno 2011 do hemisfério norte.

Vejam só as apostas, que já estamos vendo por aqui também (em tradução livre!):

Esquadrão sessentinha: vestidos estilo túnica, uma silhueta mais quadrada e botas na altura do joelho em tons pastel vieram com tudo nas passarelas. Adicione somente uma moto scooter e algumas camadas de rímel.

Instinto selvagem: a moda está escutando o chamado do mundo selvagem, com estampas animais se inserindo no contexto urbano. A estampa de cobra esteve por tudo, como em jaquetas estilo gorila, enquanto palhetas evocando escamas de peixe desfilaram na Prada. Já em outros, florais mais escuros e invernais desabrocharam em looks de Mary Katrantzou, Erdem e Cacharel.

Herança: tire a poeira do seu crombie – a herança inglesa em estampas e tecidos está tendo o seu momento. Tweed, xadrez, espinha de peixe e outros motivos típicos foram apresentadas em desfiles como House of Holland, Etro e J.W. Anderson.

Fetiche: assim que Kate Moss agitou o desfile da Louis Vuitton vestindo botas estilo bondage e fumando um cigarro, seguida ainda por Lady Gaga fazendo o mesmo toda de couro justo para Thierry Mugler, nossas suspeitas se confirmaram: peças fetichistas estão com tudo nesta temporada!

O poder do suéter: o humilde pulôver ganhou vida própria nesta estação, vindo em estampas chamativas e cheio de detalhes ou em uma silhueta mais largadona. Isto é o tricô com esteroides de estilo!

Vintage Los Angeles: esta menina é bem viajada, mas fica a maior parte do tempo em Los Angeles à caminho do Coachela conferindo todas as lojas de segunda mão pelo caminho. Sua inspiração? Uma silhueta quarentinha misturada com o clima boêmio dos anos 70 para o dia, e um vestido digno do Studio 54 para a noite.

Menina-menino: esqueça os meninos – é com o guarda-roupa deles que estamos flertando nesta temporada. Misture Teddy By com Pschyability, Mod com New Wave e faça de conta que é cliente habitual da Savile Row, casa tradicional de alfaiates de Londres.

Saias lápis e laços femininos: marque seu horário para escova e manicure; um look muito bem pensado e elegante passou pelas passarelas de Jonathan Saunders, Miu Miu e Nina Ricci, anunciando a volta do ladylike chic. Uma blusa com saia lápis são a base para o look, junto com scarpins de bico e salto fino e uma bolsa estruturada.

Cowboys e índios: Yee ha! Monte seu cavalo para a temporada, enquanto estampas apache e ponchos, franjas, jeans e gravatas xerife vem galopando para a cidade.

Cores: um arco-íris explodiu em nossos guarda-roupas e não está mostrando sinais de cansaço. Para o outono, a palheta evoluiu para cores como bordô, azul petróleo, amarelo prímula e vermelho escarlate, com um toque de mostarda.

Para mim, tendências nada mais são do que o reflexo do que está sendo usado, pensado e vendido por aí, porém é preciso olhar para elas com cautela, pois acho que grande parte das “sugestões” podem não combinar com o estilo de vida, estilo pessoal e personalidade de quem as usa. As tendências, definitivamente, não são para todos!

Assim, é preciso ter critério para escolher as que mais tem a ver com você e usá-las com moderação, sem se tornar tão vítima da moda (ou pior, do cartão de crédito) e acabar perdendo sua identidade.

De qualquer forma, estas apostas acabam se tornando formas super eficientes de atualizar o guarda-roupa, dando toques de frescor à looks que devem sempre combinar com quem você é.

Vamos escolher as nossas?

Beijocas,

Roberta Carlucci