Sexta-feira casual é sempre uma delícia: dia de deixar de lado os terninhos, as saias lápis e a gravata para poder ir mais relax para o escritório com looks que tenham mais a sua cara. Mas, para muitos, isso pode também gerar diversas dúvidas e margem para deslizes.

Dou palestras e workshops para algumas empresas sobre dresscode, etiqueta corporativa e imagem profissional e um dos maiores pesadelos dos empresários é justamente este dia, que era para ser o mais tranquilo da semana! O motivo? A maioria das pessoas não consegue saber o limite entre um look mais relax de trabalho e o de balada, de barzinho, de final de semana.

Quando a gente tem regras definidas, como um guia de dresscode da empresa, fica mais fácil, mas por incrível que pareça a maioria das empresas no Brasil ainda não se dedicou a criar os seus (fica a dica para os empresários, viu?). Na dúvida, grande parte dos funcionários acaba nem mudando muito a forma de se vestir ou indo para o outro extremo: ficando informal demais ou até pior, o que gera mal-estar e inevitáveis comentários entre os colegas.

Como comentei no post sobre dresscode informal (clica para ver!), por mais despojado que seja o ambiente da empresa é preciso estar sempre profissional, e o mesmo vale para a sexta-feira casual, também chamada de casual friday. É importante que as pessoas reconheçam que você está indo trabalhar e não para o cineminha de domingo, não é?

Vejam abaixo dicas para evitar gafes neste dia:

1. Se o dresscode já é informal, não tem porque ter sexta-feira casual, né? Todos os dias acabam sendo mais casuais também. Por isso, mantenha os looks de acordo, sem fazer diferenciação para não exagerar no despojamento.

2. Em ambientes mais formais, vale apostar no bom e amado jeans, que normalmente não é permitido nos outros dias da semana. Porém, não pode ser um jeans rasgado, muito justo ou cheio de detalhes: o jeans ideal é o tradicional, do qual já falei aqui (clica!), mas pode ser um jeans capri ou retinho também. Jogue-o com blusas, batas de algodão e quem sabe um blazer ou cardigan por cima para compensar a informalidade? O mesmo vale para os meninos: um jeans mais escuro e básico é o mais seguro!

3. Outro jeito super legal de variar é trocando o sapato: uma sapatilha é perfeita para descer a formalidade de um vestido tubinho ou deixar a calça capri de alfaiataria mais charmosa e feminina. Ah, dica extra: vale ter cuidado com as anabelas, que podem ficar informais demais se forem de corda ou cortiça, e fujam das plataformas!

Os homens podem apostar em sapatênis, docksiders e até em um mocassim de couro bem bonitão. E, assim como para as meninas, os modelitos devem ser sempre de ótima qualidade e estar em perfeito estado de conservação.

4. E que tal jogar com as cores? Na sexta-feira está todo mundo super animado para o final de semana, então é muito natural querer apostar em cores mais alegres também, especialmente se você não o faz durante o resto da semana. Mas sem exageros, né? Deixe a blusa neon para o sabadão!

Os meninos podem trocar o blazer por um cardigan, usar o combo polo + calça social mais retinha e o suéter gola V pode vir amarrado por cima de uma camisa mais colorida também, que tal?

5. Se achar que ficou informal demais, vale sempre usar o truque da 3a peça, lembram? Elas sempre dão uma cara mais arrumadinha para o look!

O que não vale neste dia é sensualizar ao descer o decote ou subir o comprimento da saia ou do vestido, pesar mais na maquiagem, usar transparências, sandálias de dedo, chinelos e rasteirinhas, bermudas, leggings e outras coisas do gênero que nunca são apropriadas no ambiente profissional. Manter a elegância e continuar passando uma mensagem de seriedade é fundamental, afinal você também estará sendo avaliado(a) neste dia, inclusive por sua habilidade de se portar em situações “menos rígidas”, digamos assim.

E lembre-se: se você não está confortável com o look, volte para o armário e troque. De nada adianta querer dar uma de cool e sair se sentindo inseguro(a) por aí. E, na dúvida, erre para mais: melhor mais formal do que menos!

Beijinhos e boa semana,

Roberta Carlucci

Crédito das imagens: Revista Esquire e blog Marion Berry Style