Continuando nossa série de dicas para arrumar malas de viagem, vamos falar sobre como escolher o que levar.

Vamos por passos:

Passo 1: Cheque a previsão do tempo

Entre na internet e cheque a previsão do tempo no local onde você vai estar. Não leve ao pé da letra mas tenha em mente se vai estar frio ou calor e como o tempo costuma se comportar nesta época do ano. Afinal, uma pessoa prevenida vale por duas, não é mesmo?

Claro que tem o seguinte: guarda-chuva é sempre imprecindível se você for para lugares como Londres, São Paulo, Bahia…um tricô também é sempre bom ter à mão, nem que seja super leve e para usar somente no avião.

Passo 2: Separe os itens da mala de mão
Se a sua viagem for longa, como falei no post anterior, é interessante levar uma malinha de mão com os itens emergenciais e essenciais. Se sua viagem for mais curta, coloque os itens que você achar indispensáveis na sua bolsa de mão mesmo.
Na mala de mão devem ir:

  • Óculos de grau e de sol
  • Lentes de contato
  • Remedios que você possa precisar no vôo (não esqueça de levar as receitas!)
  • Escova e pasta de dentes
  • Uma troca de roupas (para imprevistos!) e um pijama (se couber)
  • Escova de cabelo ou pente (para aquela ajeitada básica quando acordar e antes de sair do vôo)
  • Câmera fotográfica, IPod, IPad, celular e quaisquer outros eletrônicos
  • Objetos pessoais de valor (jóias, relógios)
  • Passaporte, documentos e reservas
  • Casaquinho ou pashmina para usar no avião
  • O seu kit de make básico (perfume, gloss/batom, corretivo, blush, água termal, etc.)

Passo 3: Pense na programação
O que você irá fazer? Quantas reuniões de negócios? Quantos jantares mais sociais? Quantas baladas/barzinhos? Vai andar muito durante o dia?
Se você tiver uma idéia dos programas que vai fazer, fica mais fácil compor os looks que você vai precisar.

Passo 4: Separe as roupas e acessórios em cima da cama para poder visualiza-los melhor
Este passo pode ser feito na prática na véspera da viagem, mas durante a semana já vá pensando nos looks para as ocasiões pois se faltar alguma coisa não fica tão em cima da hora para sair para comprar.

Para começar a separar as roupas, a palavra chave é: repetir! Escolha peças de cores mais neutras ou do mesmo grupo de cores que forem combináveis entre si, e opte somente por uma cor mais forte/dominante. Assim ó: Uma saia jeans combina com uma bata e com uma blusinha branca, que combinam com a calça de alfaiataria e com o cardigã preto e com a sandália turquesa. Roupas combináveis são ótimas pois você pode repetir algumas em looks totalmente diferentes, assim ninguém vai perceber que é a mesma peça! 😉

Para os homens vale a mesma regra: escolha calças, casacos, bermudas, camisas, cintos e sapatos que combinem todos entre si. Se o dresscode for formal, escolha cores sóbrias (pretos, chumbo, cáquis, brancos) para os ternos e tricôs e deixe as cores para as camisas e gravatas.

Seguindo este raciocínio, evite estampas, pois elas são mais difíceis de combinar e opte por roupas que podem ser usadas tanto de dia quanto de noite.

Procure também escolher roupas que não amassem muito, porém, para as emergências, use o velho truque do chuveiro: coloque a roupa no cabide e pendure-a no banheiro enquanto toma seu banho. O vapor quente desamarrota a roupa.

Outa dica preciosíssima é fazer uso dos acessórios. Se você optar por levar roupas neutras, use e abuse deles para trazer cor e frescor para o look. Lenços, colares, brincos, cintos e pulseiras são ótimos e não ocupam muito espaço. Em destinos frios, brinque de colorir com cachecóis, tocas e luvas.

Escolha as bolsas que vai levar a dedo: além de serem pesadas, ainda ocupam espaço precioso na mala. O ideal é escolher uma de cor neutra com a qual vai viajar e levar outra (de repente mais social) na mala. Pra a praia, é interessante optar por uma sacola de pano, que é levinha e dobrável, super prática para levar as coisas para a areia. Outra opção é uma bolsa de palha ou tecido versátil que você possa usar também em outras ocasiões durante o dia, assim você já elimina uma bolsa da mala.

O ideal é levar peças suficientes para uma semana ou o total de dias da sua viagem + dois dias, o que for mais curto. Se você for ficar mais do que isso, use o serviço de lavanderia do seu hotel ou da vizinhança.

Passo 5: Revise o que você separou
Revise o que você escolheu e vá fazendo ajustes, até chegar em uma quantidade ideal de peças que não se repitam e que combinem entre si. Evite levar dois casacos de frio, dois suéteres parecidos, etc. pois se eles são tão parecidos normalmente você poderá usar o mesmo ao invés de levar os 2!

Pense em quantas vezes e quantas possibilidades você vai ter para usar aquela peça, evitando separar peças que são restritas a uma só ocasião. I know, aquele seu blazer branco é lindo, mas se ele só vai combinar com uma calça ou uma ocasião, melhor deixar em casa.

Lembre-se também das proporções: você vai usar bem mais blusinhas do que calças, saias e bermudas, portanto a quantidade de blusinhas tem que ser maior. Para os homens deve haver mais camisetas e camisas do que calças e bermudas.

Pronto, agora é só arrumar tudo direitinho na mala, o que é uma arte!! E também o assunto do próximo post.

Beijocas,

Mais sobre malas de viagem: