Quero ser personal stylist, e agora?

Quero ser personal stylist, e agora?

Perdi a conta da quantidade de emails que já recebi de pessoas pedindo conselhos para começar na profissão de personal stylist ou consultor de imagem.

Algumas mais focadas, outras nem tanto, as pessoas ainda ficam bem perdidas na hora de começar nesta área ainda tão nova aqui no Brasil.

Por isso, resolvi levantar aqui alguns pontos e dar algumas dicas para quem está querendo se voltar para este ramo, vindo de outras áreas como eu ou não.

Vamos lá?

1. Você sabe do que se trata?

Em primeiro lugar, é super importante saber o que é ser um personal stylist. Muita gente quer “trabalhar com moda” e se volta para esta área específica dentro deste enorme universo sem saber do que se trata, porque “não precisa saber desenhar” ou porque simplesmente gosta de roupas, de tendências e de vestir amigos.

A consultora de imagem trabalha muito mais com o ser humano do que com a moda em si. Nosso objetivo é traduzir a personalidade, os objetivos e o universo de uma pessoa para sua imagem pessoal, processo realizado através de muito estudo, técnicas de análises teóricas e visuais, conversas e muita observação, até que o cliente se sinta confortável com a mensagem que projeta para o mundo.

Lidamos, sim, com roupas, mas a imagem é muito mais do que isso: envolve etiqueta, comportamento, linguagem, auto-estima e por aí vai.

2. É preciso ter uma boa formação!

Por lidarmos com um assunto tão sério como a imagem de uma pessoa, é preciso estudar e praticar muito antes de “colocar a mão na massa”. Só gostar de roupas e ter bom gosto não é suficiente, afinal o bom gosto é totalmente relativo e o maior desafio do personal stylist é justamente se desprender de seu gosto pessoal e entrar no universo do cliente, procurando entender de onde ele vem e para onde ele vai, como se enxerga, suas inseguranças e objetivos. E, para isso dar certo, é preciso ter uma base técnica bem desenvolvida.

Não existe ainda uma universidade de Consultoria de Imagem, portanto o profissional que deseja começar nesta área deve ir atrás de cursos específicos, tanto focados para consultoria quanto dentro do universo da moda, psicologia, linguagem não-verbal, marketing pessoal e afins.

Se você tiver uma formação em outra área antes ou até mesmo em outro ramo da moda, ótimo. Todo e qualquer conhecimento é bem-vindo e nunca será perdido.

O mais importante nesta etapa é fazer bons cursos, com profissionais experientes, que saibam do que estão falando.

3. Cursos que eu recomendo

No Brasil:

  • O meu!! (formação intensiva em consultoria de imagem com Roberta Carlucci) – Depois de 7 anos atuando como consultora de imagem, lancei meu curso em 2015 para formar novas consultoras ou aperfeiçoar quem já está na área e quer conhecer o meu método.
  • Ilana Berenholc (consultoria de imagem, consultoria para homens, coloração pessoal) – Ilana é uma das consultoras mais antigas e experientes do país, VP International Relations da AICI – órgão internacional que regulamenta a profissão. Fiz o curso de coloração pessoal com ela e gostei bastante.
  • Escola São Paulo (história da moda, consultoria de moda e palestras diversas) – Tem uma reputação ótima, promove cursos super interessantes e com profissionais sempre muito bem reconhecidos.
  • Senac São Paulo (análise de cores, consultoria de imagem, etiqueta social, marketing pessoal, história de moda e outros) – Os cursos de consultoria e coloração são gerenciados por Ilana e a instituição costuma convidar profissionais experientes e conhecidos para seus cursos diversos.

No exterior:

Vale ressaltar que o consultor de imagem precisa estar constantemente se atualizando, lendo e se especializando, ou seja, é uma formação para a vida toda, assim como em outras profissões. Leia livros, freqüente sites, blogs, eventos e desfiles, promova a troca de informação entre outros consultores e pessoas da área. Afinal, conhecimento nunca é demais!

4. Antes de tudo, cuide da sua imagem!

Será que você passa uma imagem de consultora de imagem? Será que você tem autoridade, conhecimento e informação suficiente e demonstra isso através de sua imagem pessoal? Como será que as pessoas a vêem? Elas já a enxergam como alguém que poderia lhe guiar neste sentido?

É muito importante avaliar sua imagem e sua postura antes de começar a trabalhar como consultora. Afinal, de nada adianta você querer passar o conhecimento para outro alguém se você mesma não o aplica, né?

Aproveite para usar na prática o que aprendeu nos cursos que fez e nos livros que já leu em si mesma, testar o que funciona para você e o que não, fazer exercícios em seu armário e assim por diante. Se puder, faça uma consultoria com outra consultora mais experiente para ver como é ser o cliente, entender como funcionam os processos e aprender com outros pontos de vista. Que tal?

5. Para começar a trabalhar

Depois de fazer cursos de consultoria, se especializar nas diversas etapas do serviço e cuidar de sua imagem, é hora de começar a trabalhar de verdade.

Antes de qualquer outra coisa, é importante definir que tipos de serviços você irá oferecer (pacotes, preços, etc.), suas formas de apresentação (currículo, site, email, cartões e papelaria em geral), formatos de books e dossiês, propostas, providenciar os materiais necessários para fazer a consultoria (máquina fotográfica, kit de coloração, materiais de apoio, etc.) e assim por diante.

Procure ajuda de outros profissionais se necessário (designers, gráficas, assessoria de imprensa) e vá a luta!

E lembre-se: o profissional consultor de imagem é liberal, ou seja, trabalha normalmente por conta própria em seu escritório ou de casa. É preciso bastante disciplina e paciência para começar e continuar trabalhando, pois você será seu chefe, incentivador, crítico e próprio consultor.

Ame a profissão, o que você faz, que tudo vai dar certo!

6. Conseguindo clientes

Antes de qualquer cliente, é preciso ganhar experiência prática: comece fazendo consultorias para seus amigos e familiares, e depois outros clientes virão.

Identifique seu público-alvo: com quem você se relaciona mais facilmente? Adolescentes, adultos, classes sociais. Afinal, assim como o cliente deverá gostar de você, você também precisará gostar e se identificar com ele para que seu trabalho tenha o melhor aproveitamento possível.

Investir no seu networking é sempre uma boa estratégia (mande emails para seus amigos, por exemplo, para que eles saibam que você está trabalhando com isso e possam indicá-lo), procure parcerias com outros profissionais, lojas e sites, enfim, comece a colocar a cara à tapa!

E lembre-se: o atendimento primoroso é que irá garantir indicações, o melhor marketing que existe, e novas consultorias. Portanto, mais importante do que se promover, é fazer um ótimo trabalho, saber do que está falando e surpreender o cliente.

7. Ética na profissão

Já existem outras pessoas nesta área com mais experiência e mercado que você, ou seja, lembre-se sempre de respeitá-las e de buscar aliados, nunca inimigos.

Se quiser fazer uma pesquisa de preços, prefira ser sincera: está começando, precisa de ajuda? Todos já passaram por isso. Seja humilde e verdadeira, que pessoas com certeza lhe respeitarão muito mais e lhe ajudarão.

E não se preocupe: cada consultor tem uma personalidade, formação, preços e um estilo diferente, ou seja, existem clientes para todos. Uns irão se identificar mais com você, outros com outros. Acostume-se a receber nãos, a perder para a concorrência e não se culpe, pois é assim mesmo. Concorrência é saudável, faz parte do capitalismo e nos incentiva a ser sempre melhores, a nunca nos acomodarmos.

Por isso mesmo nunca, sobre hipótese alguma, copie (preços, propostas, estilos, serviços, sites e afins). Se você não tiver autenticidade, um diferencial, não se destacará na multidão. Procure mostrar suas qualidades, se valorizar pelo que você é e não pelo que os outros possuem.

Caso queira fazer um benchmarking (pesquisa de concorrência – quem está no mercado, o que fazem, formação, experiência, preços), seja sincera, apresente-se e procure não fugir muito dos valores de mercado de sua cidade ou região: cobrar preços muito baixos só irá desvalorizar seu trabalho, enquanto muito altos poderão lhe distanciar de possíveis clientes. Aqui, mantenha-se dentro do universo de seu público alvo também, claro.

Ah, e preços não são chutados! Você precisa saber justificá-los, centavo a centavo, pois os clientes com certeza tentarão negociar. Ou seja, é preciso um estudo de seus custos, gastos e necessidades para chegar a um valor justo e que possa ser cobrado corretamente.

E por fim, nunca fale mal de outros profissionais e muito menos de clientes. Aliás, o sigilo é uma parte importante do nosso trabalho, pois a intimidade do cliente ficará exposta a você e eles precisarão saber que podem confiar em seu bom-senso.

Gente, existem mais mil e uma coisas que eu poderia falar, mas acho que este é um apanhado geral do que acho que são as maiores dúvidas dos iniciantes. Espero que gostem e usem estas informações! Ah, e divirtam-se! 😉

Beijocas e boa sorte!

Roberta Carlucci

Escrito por Roberta Carlucci

Personal Stylist/Consultora de Imagem de pessoas do mundo real, referência em imagem & estilo no sul do país, autora deste blog e agora também mãe da Stellinha!

Artigos Relacionados

Compartilhe!

  • Aline Figueiras

    Olá, eu sou de BH e acho muito difícil financeiramente sair do meu estado para fazer cursos. Aqui em BH descobri a Estillo Consultoria de Imagem, com cursos excelentes e super profissionais. Eu indico muito!Estou começando a trabalhar e com várias oportunidades. Vale a pena ser Personal Stylist e ajudar as pessoas a se encontrarem.

  • http://blogdayasmine.com Yasmine

    Oi Roberta! Adorei conhecer um pouco mais sobre sua profissão 😉
    Você escreve muito bem, é super agradável de ler!
    Beijo,
    Yasmine

  • Bárbara Simone

    Roberta,
    Muito legal de sua parte compartilhar este conhecimento com as pessoas que querem iniciar em sua profissão. Generosidade em alta!
    Adoro seu blog!
    Beijos

  • http://coisinhasqueamamos.blogspot.com/ Juliana Drummond Portugal

    Poxa Roberta, amei o post! Sou uma iniciante na área e estou meio perdida aqui em Salvador… Valeu pelas dicas!!! Conheça meu blog, estou aberta a sugestões e críticas.
    Vou visitar sempre e colocar nos meus links, adorei seu site!
    beijos

  • http://www.robertacarlucci.com.br Roberta Carlucci

    Olá Juliana, tudo bem?
    Que bom que o post está sendo útil para você, é para isso mesmo que escrevi! 🙂
    Bem legal seu blog, parabéns!
    Obrigada pela visita e volte sempre, ok?
    Beijos

  • http://www.robertacarlucci.com.br Roberta Carlucci

    Olá Bárbara, obrigada, pelo comentário e pelo carinho!
    Acho que é importante compartilhar experiências e, como este mercado parece estar em expansão, não custa dar umas dicas para os iniciantes manterem o padrão de profissionalismo que a gente procura, né? 🙂
    Beijos e volte sempre!

  • http://www.robertacarlucci.com.br Roberta Carlucci

    Que bom que você gostou, Ya!
    Adorei sua visita!
    Beijos

  • http://www.robertacarlucci.com.br Roberta Carlucci

    Olá Aline, obrigada pela dica! 🙂
    Boa sorte e volte sempre!

  • http://vivianfranchini@gmail.com Vivian

    Oi Roberta,

    Adorei o post, super bem escrito. Eu moro em Londres há 2 anos e sempre estive em contato com moda. Aqui trabalho em retail, mas gostaria de migrar para Image Consultancy. Procurei em sites dicas de bons cursos aqui, mas acho que no meu caso como tem tanta opção, fica difícil saber qual é o melhor. Já tinha dado uma olhada na Marangoni, que é super renomada e caríssima.Eu fiz um curso no IED de Fashion Management na Italia 2 anos atrás, mas quero focar na consultoria de imagem agora e, como vc mesma disse Consultoria de imagem não é algo que trabalha só o exterior das pessoas, mas tb o interior, o aspecto psicológico. Por isso queria saber se o curso da Marangoni não é muito voltado só para a parte estética da coisa. E queria te pedir se vc conhece essa escola, pq me parece interessante: http://www.londonimageinstitute.com/
    Ficarei muito agradecida se puder responder. Obrigada!
    Vivian

  • http://www.beautyismore.blogspot.com Janete

    Excelente! Tbm vou me iniciar na área, já estudei consultoria no Senac, e no momento estou procurando uma maneira de começar…Enfim, ainda trabalho em outra área, e a única dúvida que eu tenho, quer dizer, a principal, é se dá pra se jogar na atuação de fato e estudar paralelamente ou se o melhor é estudar bastante e depois começar…Bjs 🙂

  • Micaelly

    Olá Roberta, simplesmente amei seu site,me ajudou bastante.
    Eu amo moda e tudo sobre… não sabia ao certo no que eu mais me encaixava, agora sem sombra de dúvidas sei que na consultoria de moda 🙂
    Obrigada pela humildade imensa de compartilhar com tantas pessoas informações sobre, a sua especialização! 🙂

    Um bêijoo’
    Sucessoo’

  • daniella

    Olá ROberta!
    Gostei muito das suas dicas, claras e e objetivas. Gostaria que vc indicasse alguns livros nessa área. Desde já, muito obrigada!

  • http://www.robertacarlucci.com.br Roberta Carlucci

    Olá Daniella, tudo bem?
    Que bom que gostou das dicas!
    Em breve farei um post falando sobre os livros, ok?
    Obrigada pela visita e volte sempre!

  • http://www.robertacarlucci.com.br Roberta Carlucci

    Olá Micaelly, tudo bem?
    Imagina querida, fico bem feliz em saber que o post te ajudou.
    Sucesso e tudo de bom!

  • http://www.robertacarlucci.com.br Roberta Carlucci

    Olá Janete, tudo bem?
    Com certeza podes começar fazendo consultorias informais para amigas e amigas de amigas antes de ter uma formação completa, até para ganhar experiência prática. Porém, para se lançar no mercado e atender clientes de fato, é preciso estudar bastante, ter uma base concreta e saber do que está falando, afinal é um trabalho de grande responsabilidade, não é mesmo?
    Faça outros bons cursos, leia livros, sites, blogs, artigos, faça estágios e comece apenas quando estiver bem segura de que poderá fazer um excelente trabalho, ok?
    Boa sorte e volte sempre!

  • Roberta

    Olá Roberta, sou fonoaudióloga e gostaria de trabalhar com consultoria de imagem para associar oratória com apresentação pessoal. Mas não tenho nenhuma experiência nesta área, então gostaria de saber maiores informações a respeito, desde a formação até a situação do mercado de trabalho. Aguardo resposta.

  • Roberta

    Olá Aline, também sou de BH e sou fonoaudióloga e gostaria de trabalhar com consultoria de imagem para associar oratória com apresentação pessoal. Mas não tenho nenhuma experiência nesta área, então gostaria de saber maiores informações a respeito, desde a formação até a situação do mercado de trabalho. Como entro em contato com vc p/ saber mais a respeito?

  • Nadima Damian

    Adorei as dicas Roberta….me ajudaram bastante!!! Bjokas

  • http://www.robertacarlucci.com.br Roberta Carlucci

    Olá Vivian, tudo bem?
    Eu gostei muito do curso do Marangoni, que dá uma boa base de todos os tópicos da consultoria com exercícios práticos e professores experientes. Mesmo assim, eu senti necessidade de fazer outros cursos antes de começar a trabalhar de fato, para me especializar em cada área e procurar outros pontos de vista. Mas, isso vai de cada um, né?
    Não conheço o London Image Institute, infelizmente! Se fizer o curso, depois me conta o que achou!
    Boa sorte e volte sempre!

  • http://www.robertacarlucci.com.br Roberta Carlucci

    Olá Roberta, tudo bem?
    O post tem bastante informação legal para quem quer começar na área. Dá uma lida!
    Quanto ao mercado de consultoria, está em expansão, mas tem muita gente nova entrando sem boa formação e que acabam não levando o trabalho muito a sério (como em qualquer profissão). Acredito que, com o tempo, o próprio mercado irá filtrar isso, então sempre haverá espaço para quem quer fazer um bom trabalho! 🙂
    Boa sorte e volte sempre!

  • http://www.robertacarlucci.com.br Roberta Carlucci

    Fico feliz em saber, Nadima!
    Beijos e volte sempre! 🙂

  • Rebeca

    Olá Roberta, muito interessante sua matéria. Eu sonho muito em trabalhar com consultoria, sempre todo mundo me pede ajuda, mas infelizmente a faculdade ainda é uma realidade distante por motivos financeiros e por eu ter um filho pequeno. Gostaria de saber se consigo trabalhar sem a faculdade, tenho um curso de Moda e Estilo pelo Senac. Obrigada

  • http://www.robertacarlucci.com.br Roberta Carlucci

    Oá Rebeca!
    Na verdade, ainda não existe uma faculdade de Consultoria de Imagem aqui no Brasil. O que temos são cursos que formam consultoras, como o da Ilana Berenholc.
    O que eu indico é fazeres outros cursos além deste do Senac e se especializar nas sub-áreas da consultoria, como coloração pessoal, visagismo, guarda-roupa, linguagem não-verbal e afins.
    É muuuuito importante ter uma boa formação antes de começar a trabalhar e praticar bastante em seus amigos e parentes antes de pegar seus primeiros clientes.
    Boa sorte e volte sempre!

  • sabrina

     oii,tudo bom?assim eu quero  ser stylist pra mim e tudo,eu tenho apenas 12 anos mais tudo que eu quero na vida e ser stylist, sera que eu tenho chance?

  • http://twitter.com/Sheila_Andrade Sheila Andrade ☮

    Oi . Gostei muito das dicas . Me ajudou a esclarecer várias dúvidas . A partir de agora vou começar a procurar fazer cursos pra me profissionalizar e poder trabalhar nessa área futuramente .

  • Barbara

    Olá Roberta,
    Você acha que existe campo de trabalho numa cidade de 200.000 habitantes? Ou seria um trabalho mais voltado para as capitais?

  • http://www.robertacarlucci.com.br Roberta Carlucci

    Olá Barbara, tudo bem?
    Olha, difícil dizer…acho que depende da mentalidade das pessoas e também do poder aquisitivo. Mas, acredito que tenha sim, você só terá que se adapatar à realidade local.
    Faça uma pesquisa de mercado para ver se já existem outros profissionais, se as pessoas conhecem e se interessariam em fazer e converse com amigos para saber a opinião deles. Que tal?
    Boa sorte!

  • http://www.robertacarlucci.com.br Roberta Carlucci

    Que bom que as dicas te ajudaram, Sheila!
    Boa sorte e volte sempre!

  • Vanessa G.

    Adorei!
    Faço jornalismo e tenho interesse na área de moda faz tempo!
    Mas acredito que, no momento necessito de  bastante técnica e informação para um bom desenvolvimento profissional.
    Um beijinho, vc esclareceu bastante! 
    “WORK HARD NO DRAMA”  forever

  • Lorena Rastely

    Olá ,Roberta! meu nome é Lorena,tenho 12 anos e eu quero muito trabalhar com moda,então escolhi o personal Stylist como profissão,eu queria a sua opinião,e que seja sincera…a pergunta é: voce acha  se é meio exagerado eu ser uma Personal Stylist agora? pra mim eu tenho muito talento,no principio eu queria ser uma estilista,mais quando eu vi a revista looks,eu mudei de idéia,tambem fasso desenhos mais eu não sei se os profissionais gostassem,ou seja é exagero de eu ser uma Personal Stylist agora?

  • http://twitter.com/agda_lii .αgdα Limα’

    Nossa Roberta falou tudo o que eu precisava saber. E mais do que nunca confirmou o que quero ser de verdade. Obrigada.

  • Daniela Amado

    Entre no site da Estillo – http://www.estilloconsultoria.com.br

  • Kemlysantos

    Roberta,amei suas dicas,adoraria conhecer o seu trabalho!Beijos

  • Nynivacosta

    Olá Roberta, esse seu blog foi um achado para mim. Recentemente me formei em publicidade, mas durante a faculdade me interessei muito por marketing pessoal. Gosto de tudo relacionado a pessoas e o bem estar delas. Depois de terminar a facul fiquei meio perdida…Me perguntei…e agora? O que faço? Sempre gostei de moda, etiqueta,maquiagem, etc. Comecei aplicar tudo isso em mim,e percebi que todos ao meu redor estavam mudando seu modo de vestir, se arrumar,minhas amigas que antes não passavam um batom,agora estão até se maquiando mais rsrs.Todas as vezes que elas me veêm, elas me olham de cima em baixo, elogiam e depois no estilo delas, elas aparecem todas produzidas tbm, fico muito feliz com isso…Então pensei em começar na profissão,ms não sabia como. Obrigada pelas dicas 😉

  • http://www.robertacarlucci.com.br Roberta Carlucci

    Que bom que gostou, Vanessa.
    Sempre precisamos estudar e adquirir conhecimento antes de fazer qualquer coisa e na área de moda não é diferente!
    Beijos e volte sempre!

  • http://www.robertacarlucci.com.br Roberta Carlucci

    Que bom que gostou do post, Agda!
    Obrigada pelo comentário e volte sempre!

  • http://www.robertacarlucci.com.br Roberta Carlucci

    Olá Kemly, que bom que gostou das dicas!
    Se quiser realizar algum serviço de consultoria comigo, entre em contato pelo email contato @ robertacarlucci.com.br.
    Beijos!

  • http://www.robertacarlucci.com.br Roberta Carlucci

    Que bom que gostou, Nyniva! Boa sorte pra ti! 😉

  • Tainá

    Olá, Roberta!

    Achei muito útil seu texto! Você escreve bem e com leveza!

    Gostaria de saber o que você pensa sobre consultoria de moda para pessoas com vários “níveis” no que diz respeito à posição social delas… Eu quero trabalhar como consultora de estilo, mas não com foco tão somente em quem tem maior poder aquisitivo, entende? 
    Não sei, talvez eu tenha uma visão meio carregada de utopia, mas desejo ajudar pessoas que geralmente não podem bancar serviços de um personal stylist. O que você acha disso? 

    Já tentei contato com várias consultoras, mas fui esnobada por todas, rs. Fiquei meio triste com isso, mas quando vi que você costuma responder às dúvidas aqui, surgiu uma ponta de esperança! rs…

    Deus abençoe seu trabalho!
    Tainá.

  • http://www.robertacarlucci.com.br Roberta Carlucci

    Olá, Tainá!
    Acho que é possível sim trabalhar melhorando a imagem de pessoas de todos os níveis sociais. O que precisa ocorrer (em qualquer classe) é a cliente sentir a necessidade disso em sua vida e dar importância à imagem como um todo, não só a roupa. Ela precisa querer se transformar, seja por necessidade (trabalho, nova situação) ou vontade de mudar mesmo.
    Muita vezes também uma pessoa de menor poder aquisitivo tem outras prioridades e acaba gastando seu orçamento mais apertado com outras coisas mais essenciais, já que personal stylist (ainda) não é considerado uma necessidade básica, digamos assim!
    De qualquer forma acho que há cada vez mais espaço para a profissão, sim!
    Boa sorte e tudo de bom!

  • Philipe Lima

    Olá Roberta, incrível como você manda bem nessa área, meu nome é Philipe e sou formado em moda e quero seguir a carreira de personal stylist, quero saber como faço para ter contatos com consultores, pois estou em Brasilia e não e um campo muito explorado por aqui, queria umas dicas mas tecnicas de como iniciar esse tipo de trabalho.

  • Rita

    Olá Roberta!
    Tenho 30 anos, atualmente moro em Curitiba e nunca trabalhei. Mas percebo a falta que isso me faz. E já por algum tempo tenho pensado em entrar no “mundo da moda”, por ser algo que me identífico, mas não sabia por onde começar. Meus amigos sempre pedem minha opinião na hora de se vestir, fazer as malas… Tenho procurado por cursos, mas todos que encontro indicam que é preciso estar trabalhando na área. Como faço? Por onde começo?
    Aguardo tua resposta.
    Obrigada!

  • Silvana Rodrigues

    Oi Lorena mim chamo Silvana Rodrigues,estou querendo entrar no ramo, já trabalhei com varias marcas de roupas já fiz consultoria em lojas de roupas femininas,eu adoro moda.Gostei muito das suas dicas.Eu não tenho nem um curso nessa área e a cidade aonde estou morando atualmente também não oferece cursos,mas tem tudo para ser um mercado promissor, pois esse serviço não existe, gostaria de fazer os cursos online,será que vc pode mim ajudar indicando onde posso encontra-los.

  • Flavia

    Olá, me formei em moda na faculdade Santa Marcelina em SP e trabalhei por 4 anos em uma loja de confecção no Brás. Estou me preparando para viajar para fazer uma pós graduação fora e queria saber se você me indicaria alguma faculdade ou curso.
    Obrigada

  • Pingback: Perguntas freqüentes sobre a profissão de personal stylist | Roberta Carlucci()

  • Renan Costta

    olá queria saber se alguem sabe se em Goiânia tem algum curso de consultoria de imagem quero muito fazer esse curso. obrigado.

  • Solange

    Que dicas bacanas, esse assunto me atrai, ainda sonho em fazer algo parecido…

  • Rafhaeli

    Oi Roberta! Sou do Rio e gostaria de saber se existe algum curso que vc indique aqui? ;*

  • Victoria Keegan

    Oi Roberta! Obrigada pelas dicas! Estou iniciando minha carreira como Personal Stylist depois de diversos cursos.

    Eu queria também indicar o ebook ‘Torne Se Um Personal Stylist’ da Marcéli Paulino, editoria do portal Lindizzima: http://www.cursopersonalstylist.com.br – é uma excelente opção para o Início de uma carreira profissional como Personal Stylist!

    Preço super acessível!

  • Victoria Keegan

    O Curso de Personal Stylist Online da Lindizzima tem um preço super acessível (R$ 39,90). Não sei se você conheçe? O link é http://www.cursopersonalstylist.com.br