Tenho recebido alguns emails me pedindo algumas dicas para quem quer disfarçar quadril largo, então, ao invés de responder um a um, resolvi fazer um post para servir para todos vocês.

Antes de mais nada, é importante ressaltar que o quadril até pode ser largo em termos de medidas, mas se for bem proporcional ao restante do corpo, como aos ombros e às pernas, ele nem parece visualmente tão largo assim. O importante, no fim, é este equilíbrio no corpo, para que ele fique harmonioso e elegante, além de se amar, né? Sempre.

Vamos lá!

1. Dê ênfase aos ombros

Aumentar os ombros é uma ótima maneira de disfarçar o quadril, pois irá deixá-lo mais proporcional à largura de baixo, equilibrando a silhueta como um todo. Você pode fazer isso usando ombreiras e mangas mais volumosas, peças mais largas e maiores em cima, decotes horizontais (ciganinha, tomara-que-caia, pescador), estampas horizontais (listras, detalhes nesta direção), golas e mangas trabalhadas e afins.

2. Destaque a parte de cima do corpo

Quando falo que a arte de se vestir tem muito a ver com guiar o olho do espectador, muita gente me olha estranho, mas a verdade é essa: você deve sempre destacar aquilo que quer mostrar para as pessoas que a vêem e deixar mais escondidinho, escurinho e discreto aquilo que não deseja revelar muito.

Portanto, se você quer disfarçar o quadril, deve trazer a atenção de quem a vê para a parte superior da silhueta destacando o rosto, cabelos, decotes e ombros ao fazer uso de maxi-acessórios (colares, brincos, broches), uma bela maquiagem, um penteado incrível, headbands, lenços & echarpes amarrados no pescoço, um óculos glamouroso ou colorido e assim por diante.

3. Evite cortar o quadril

Quando cortamos o quadril com cintos, alturas de blusas ou partes de cima muito contrastantes com a parte de baixo, além de achatarmos as pernas, é exatamente nestes cortes que o olho de quem nos vê subconscientemente nos mede, interpolando o restante baseado nesta medida. Sendo assim,o ideal é que você faça os cortes onde é mais fininha, para consequentemente parecer mais fininha como um todo, né? Isso é ciência, pessoal!

Ou seja, o cinto nunca deve cortar seu corpo na parte mais larga do quadril, mas sim preferencialmente na cinturinha fina, que é bem mais acima, ou no cós da calça. Do mesmo jeito, se você usar uma blusa bem contrastante com a calça ou saia, que ela pare em uma parte onde seu quadril é mais fino, né? E não na parte mais larga.

Todo e qualquer corte nesta linha mais larga só irá aumentar a região.

4. Tenha cuidado com partes de baixo volumosas

É claro que existem partes de baixo com volume onde a impressão é de que o excesso é da peça e não do quadril, o que acaba até disfarçando os mais avantajados (como na foto da saia branca e cinto metalizado acima, por exemplo), mas isso é uma exceção: na maioria das vezes, quanto mais volume a peça tem em baixo, mais peso visual dará para a região.

Se o seu objetivo é diminuir o quadril, cuidado com bolsos volumosos ou grandes, pregas, ganchos muito baixos, estampas grandes, estampas horizontais, tecidos volumosos e afins. É sempre possível compensá-los de outras formas – ou seja, não significa que você nunca irá poder usá-los -, mas terá que ter mais cuidado quando este for o caso.

5. Aposte nas partes de baixo retas ou bootcut

Quanto mais você afunilar na canela, mais efeito cenourinha terá, ou seja, quadris mais volumosos e em evidência. Então, sim, as calças retas são as melhores amigas de quem quer disfarçar o quadril! Se forem escuras então, perfeito!

As flares ou boot cut, aquelas com uma abertura um pouco maior abaixo do joelho e também as flares, com aberturas maiores ainda, também caem muito bem.

Da mesma forma, prefira as saias mais retas ou evasê do que as lápis, que são mais justas e afunilam nas pernas (veja acima).

E aí, o que acharam?

Beijos e bom final de semana,

Roberta