Quando falamos em compras, sempre me perguntam quais peças eu acho que mais valem o investimento, ou seja, que possuem maior custo x benefício. Confesso que esta é uma pergunta difícil de responder, pois depende muito do estilo de cada pessoa e também do estilo de vida: profissão, o que fazem nas horas de lazer e afins.

Mas, claro, existem algumas peças que agradam à maioria e que se encaixam em praticamente todos os estilos, pois são peças atemporais, que só trazem um toque de elegância para o look em que serão inseridas, seja ele mais clássico ou criativo. Cabe a cada um dar a sua cara a elas!

Vejam então minha lista das 10 mais, itens que com certeza valem o investimento e um parte mais gordinha do orçamento:

Pode ser um tricô, cardigan ou blusa mesmo e as listras podem ser pretas, beges ou da cor de sua preferência. O importante é esta informação “marinheiro”, tão chique mas tão casual.

A jaqueta perfecto é um clássico e vale muito a pena investir em uma de couro verdadeiro, que durará a vida toda. Ela combina com looks despojados do dia-a-dia, mas também sobre vestidos arrumadinhos para a noite.

Acho super legal pegar uma peça tão clássica como esta e descontruir, fazendo looks que fogem daquela coisa “escritório”, tanto nas horas de trabalho ou lazer.

Usem-na com sapatilhas (a la Audrey Hepburn), com tênis, com scarpin, com sandália rasteira, com camiseta, com tricôs oversized, com blazer e muitas outras coordenações. É uma das peças que mais uso em meu armário e deixa qualquer look arrumadinho. Ah, e pode ser cigarrete como estas acima ou comprida também, mais formal.

Nem preciso falar muito ca camisa branca, né? O legal é ter uma que não seja daquelas “caretonas” de escritório: de seda, oversized, assimétrica ou do namorado, estas são mais modernas e trarão mais informação de moda aos looks do lazer ao trabalho.

O pretinho básico dispensa apresentações, né? Vocês já sabem que é a primeira peça que se deve colocar na mala de viagem e não esta não deve ser uma compra por impulso: ele tem que ser perfeito para você!

Outra peça que é considerada “careta”, mas que faz toda a diferença em produções arrumadas ou não. De smoking, mais curtinhos ou compridos, encontre o seu modelo ideal (preferencialmente acinturado) e voilá, comece a jogá-lo em seus looks de dia e de noite. Ah, e não precisa ser preto: chumbo, azul marinho e caramelo também são ótimas cores para blazers curingas.

Outro clássico que nunca sai de moda e é versátil como poucos: por cima de tailleurs a bermudinhas, ele é o máximo para aqueles dias “nem tão frios nem tão quentes” ou para quando aquela chuvinha resolver cair…

Bico e salto fino, liso ou com textura discreta. Este é o curinga máximo!

Uma bolsa estruturada que vá do trabalho ao lazer, em tamanho médio e suficiente para carregar necessaire, iPad e afins: estes são os requisitos da sua bolsa mais curinga. Recomendo primeiramente a preta, mas o marrom escuro, caramelo ou vermelho escuro, dependendo do seu guarda-roupa, também são super versáteis! Ah, se está pensando em comprar sua primeira it-bag, esta é minha dica!

E aí, gostaram?

Beijos,

Roberta

Obs: Post inspirado na lista do WWW, mas com minhas observações e montagens.